Bíblia On-Line
 

Menu

Pibmilionarios.com
Agenda
Downloads
Hot Sites
Materias
Matérias

Som da Alma

Estréia na Rede Super programa inédito no Brasil

 

Estreou (11/04/2005) na Rede Super (canal 23 UHF e 21 a cabo), um programa inédito no Brasil – “Som da alma” – produzido para alcançar os surdos.

Segundo Cláudio Boaventura, pastor e líder do Ministério com Surdos Ephatá, da Igreja Batista da Lagoinha (IBL), o objetivo deste programa é integrar os surdos à comunidade. “O nosso desejo é ajudar os surdos na formação espiritual e emocional, trazendo clareza e entendimento por intermédio da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS)). Temos como objetivo também, alcançar os familiares dos surdos auxiliando-os na vida diária”, diz o pastor Cláudio que será o apresentador do programa.

O “Som da alma” irá ao ar de segunda à sexta-feira, às 7h da manhã – com reprise às 16h45 –, e terá duração de 15 minutos. A respeito do programa o pastor comenta: “Todos os dias refletiremos na Palavra de Deus e todas às sextas-feiras realizaremos uma entrevista. Divulgaremos ainda notícias do Brasil e do mundo com o objetivo de mantê-los informados”. De acordo ainda com o pastor, a teóloga (surda) – Maria de Lurdes, obreira da IBL – ensinará a LIBRAS e a obreira (ouvinte), Núbia Nogueira, ministrará o louvor.

A idéia de se produzir um programa especialmente para o público surdo partiu de um desejo do pastor Márcio Valadão – presidente da IBL. A este respeito o pastor Boaventura diz: “Em julho de 2004, o pastor Márcio Valadão, demonstrando amor à comunidade de surdos, havia me dito sobre o desejo de ter um programa que alcançasse os surdos. Desde então, fomos amadurecendo esta idéia até chegar na sua apresentação”. O pastor acrescenta: “Sempre foi um dos sonhos do Ministério com Surdos Ephatá alcançar os 6 milhões de surdos existentes no Brasil e falar das promessas do Grande e Poderoso Deus. Nós somos um meio de transmissão de informações para estas vidas. Muitas vezes a família ou a sociedade, por desconhecerem a língua dos sinais ou por não terem paciência para tratar com os surdos, não conseguem transmitir as informações necessárias a eles. Muitos acabam se isolando ou mesmo sendo excluídos pelas pessoas. Assim, os surdos acabam buscando outros meios de ajuda, muitas vezes duvidosos, algo para suprir a carência afetiva”, diz o pastor Cláudio que há nove anos trabalha com os surdos.

Nota: Segundo informações do Ministério com Surdos Ephatá, só na Grande Belo Horizonte são 40 mil surdos.

Acesse o endereço e saiba sobre o Ministério com Surdos Ephatá da Igreja Batista da Lagoinha: www.lagoinha.org.br/ephata

Da Redação Lagoinha.com
 

 

Copyright © 2001-2002 Igreja Batista em Milionarios - All rights reserved